7 de fevereiro de 2009

O PÓS-VENDA COMO FONTE DE LUCROS E DE VANTAGEM COMPETITIVA


Não me vem à cabeça o nome de nenhuma empresa que aplique, que pratique sistematicamente o pós-venda, muitas até o acham importante, mas ficam só na conversa,no papel,na teoria, nada de concreto, ao menos um projeto de se ter um departamento ou até mesmo uma gerência completamente voltada ao pós-venda, que seria a opção mais correta.

Quando você consumidor recebeu um telefonema, e-mail, uma mensagem no celular ou seja, pós-venda ativo, agradecendo, saudando a sua inclusão como cliente, a sua compra, contato estritamente realizado para dar início a um relacionamento comercial mais estreito, próximo ?. O cliente sente-se mais seguro a dar sugestões, opinar, criticar e a empresa que conseguir atuar fortemente terá muito mais chances de ser lembrada por suas ações.

Segmentos tão concorridos como os de telecomunicações, concessionárias de automóveis e universidades, ainda não abriram os olhos para o pós-venda, dando a desculpa , sem argumentos objetivos, que é um custo muito alto, será que satisfazer o cliente amplamente, investindo com pensamento de lucros a médio e longo prazos não é válido,não dá retorno, será que a empresa que não tem uma preocupação com o atendimento excelente terá por parte do cliente uma visão privilegiada e que virá ser sempre a primeira a ser consultada na ocasião de uma cotação de preços, influenciando com certeza na decisão de compra, pois se houver um empate em condições de pagamento, prazo de entrega, frete, na estrutura de atendimento de um modo geral, a empresa mais próxima, sairá na frente da concorrência, gerando uma vantagem competitiva e uma fonte de lucros advinda da manutenção e constante contato com o cliente.

Muitas empresas ainda têm o pensamento ultrapassado, dão mais ênfase em conquistar novos clientes a cada dia ao invés de preservá-los, fora que o custo de conquistar um cliente é sem dúvidas muito maior do que mantê-lo, sendo ainda mais difícil e oneroso reconquistá-lo, mas mesmo assim muitas ainda insistem nesta estratégia popularmente “furada”, que além de não trazer resultados favoráveis ainda gera uma imagem ruim da empresa.

A marca da empresa também se valoriza muito, pois é atrelada a bom atendimento, confiabilidade, que tem foco no cliente, que pensa em satisfazer da melhor maneira todos os anseios, procurando atender todas as suas necessidades, sem contar que está sempre sendo relembrada devido às suas ações.

O aumento das vendas é só uma questão de tempo, e com certeza uma evolução nas vendas de forma sustentada por uma tríade, lucratividade, qualidade e efetividade.
Aplique estes ensinamentos e terá retorno financeiro, de imagem e uma fonte contínua de lucros, além de grande vantagem competitiva perante a concorrência.

2 comentários:

jorge disse...

Estamos abrindo uma empresa com uma enorme expectativa de sucesso e com certeza usarei seus conselhos,pois são excelentes. Espero um dia poder encontrar com você e dizer o quanto eles foram úteis. Até mais!

Kátia Pimentel
Smart Import

Valter de Abreu disse...

Kátia,

É um grande prazer poder compartilhar experiências e conhecimento com os leitores do meu blog e fico mais feliz ainda quando estas pessoas, como você, colocam algo em prática, utilizando como base de informações meus artigos.

Um grande abraço !

Valter S.de Abreu